Projeto de proteção a animais no Cone Sul é apresentado

Neste último dia 04 de Abril de 2016, o Instituto Comunidade Solidária, uma ONG fundada recentemente por voluntários em Cerejeiras, apresentou o projeto do Centro de Reabilitação e Reintrodução de Animais Silvestres, que beneficiará o município e região. 

 

A proposta foi apresentada em reunião com representantes da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Câmara de Vereadores e Sedam-RO. 

 

A iniciativa visa a instalação de um local apropriado para garantir a proteção dos bichos, voltada à preservação das espécies, e também o atendimento especializado de reabilitação e reintrodução de animais silvestres capturados e feridos, ou recebidos após ações fiscalizatórias na região do Cone Sul.  

Conforme Denize Regina, bióloga da ONG, “o Centro é fundamental para a proteção dos animais capturados ou feridos na região, que não possuem um lugar para serem recuperados e tratados”. 

O centro é unidade física e terá por objetivo de tratar e reintroduzir no meio ambiente os animais silvestres resgatados ou apreendidos pelos órgãos fiscalizadores ou que tenham sido mantidos em cativeiro doméstico como “mascotes” de estimação. Será necessária a contratação de um biólogo, um médico veterinário e tratadores, além de ser liberado pelo Ibama.

Para Djalma Ferreira dos Santos, da Sedam em Cerejeiras, “O centro será uma ação muito importante para a proteção da fauna silvestre na região”.

A próxima etapa será a apresentação do projeto para os prefeitos da região e para o governo de Rondônia, a fim de viabilizar a instalação da unidade, ainda este ano.

 



Autor: Rildo Costa

Autor / Fonte: Folha do Sul

Leia Também

Comentários