Publicada em 07/02/2012 - 12h32min   /  Autor:  Decom
Transposição: governador diz que se até o dia 15 não houver manifestação positiva irá a Brasília

Governador quer financiamento para ações de inclusão em Rondônia

Ao gravar entrevista para o programa Fique Ligado, que será exibida nesta sexta-feira (3), a partir das 6h30, o governador Confúcio Moura voltou a defender a aprovação, pela Assembleia Legislativa (ALE), do financiamento disponibilizado pela presidente Dilma Rousseff para Rondônia e outros nove Estados (Acre, Amapá, Bahia, Ceará, Mato Grosso, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Sergipe) via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O governador ressaltou que este será o terceiro grande empréstimo realizado pelo Estado, considerado pela presidente como excelente pagador levando em conta o histórico com o Polo Noroeste e Planafloro, que, respectivamente, contribuíram com a estruturação dos municípios e zoneamento socioeconômico e ecológico de Rondônia.
Governador quer financiamento para ações de inclusão em Rondônia

 Desta vez, conforme Confúcio Moura, o dinheiro será usado para promover a inclusão de cerca de 120 mil famílias que vivem em extrema pobreza no Estado; na educação, de forma que haja revolução com o incentivo dos alunos para permanecerem em sala de aula e valorização do professor, que o governador classifica como proteção, uma vez que evitará o desdobramento em escolas das redes estadual, municipal e particular; oferecer internet grátis nos bairros periféricos, aproveitando os 53 quilômetros de fibras ópticas instaladas em Porto Velho; além de investir na saúde; segurança, com delegacias mais estruturadas e contratação de policiais civis e militares; na piscicultura, cuja produção deverá aumentar de 12 mil toneladas para 100 mil toneladas em três anos; entre outros setores de desenvolvimento do Estado. “O empréstimo só depende da Assembleia Legislativa, que poderá fiscalizar a aplicação juntamente com o Tribunal de Contas, Ministério Público e a população”, afirmou o governador, lembrando que apesar da oposição, o ex-presidente Juscelino Kubitscheck foi o que iniciou o processo de desenvolvimento do País, abrindo estradas e erguendo obras. “Me deixe trabalhar. Não me puxe para baixo”, voltou a pedir Confúcio Moura, garantindo ainda que com fé em Deus e o apoio do povo irá colocar Rondônia no círculo do desenvolvimento econômico

 

TRANSPOSIÇÃO

Sobre a transposição dos servidores para o quadro da União, o governador disse que se até o dia 15 deste mês não houver manifestação positiva do Ministério do Planejamento, ele irá a Brasília conversar com a ministra Mirian Belchior. Pelo menos 22 processos de servidores já estão prontos.
A entrevista foi gravada após o governador participar do programa, ao vivo, na manhã desta quinta-feira (2), quando falou sobre a abertura do ano letivo, realizada com grande festa em Vilhena, nessa quarta-feira. “Eu fui para Vilhena propor uma revolução na educação estadual, que precisa de uma injeção de ânimo”, disse Confúcio ao apresentador Euclides Maciel, observando ser inadmissível que a cada 100 jovens que ingressam no Ensino Médio no Estado, 68 desistam, seja pela falta de interesse, de atrativos nas escolas com a estrutura precária ou para trabalhar com vistas a ajudar na renda familiar.
Para o governador, o caos instalado na educação precisa ser mudado e, para isso, enviará à ALE a seguinte provocação: O que é melhor dar uma bolsa de R$ 200 ou meio salário mínimo à família para deixar os filhos em tempo integral na escola ou deixá-los na rua sujeitos à criminalidade e, se presos, o gasto será de mais de R$ 2 mil?

 

SAÚDE

Com relação à saúde, ele citou as medidas de melhorias adotadas recentemente com a contratação dos 150 leitos particulares para atenderem  aos casos não urgentes, juntamente com o Hospital das Irmãs Marcelina; o Hospital Infantil nas proximidades do Hospital de Base, que está em fase de acabamento, enquanto o prédio atual será utilizado para tratamentos de longa duração; ampliação do HB com mais 150 leitos e a UTI Neonatal; além das duas Unidades de Pronto-Atendimento (Upa’s) que só dependem dos equipamentos para serem inauguradas e atenderem a uma média de mil pacientes, por dia, com problemas simples, que requerem no máximo 48h de internação.
Antes de entrar no assunto segurança, respondendo a questionamentos dos telespectadores, o governador confirmou a realização dos jogos escolares este ano, abertura de cursos para os policiais militares e exoneração de ocupantes de cargos comissionados indicados por parlamentares que não estão trabalhando. Sobre a convocação de concursados para as séries iniciais, ele disse que a Secretaria da Educação (Seduc) deve priorizá-los pois não faz sentido contratar emergenciais com concurso em andamento.

 

SEGURANÇA

Quanto à segurança, ele destacou a construção do presídio em Vilhena, com 200 vagas, que deverá ser inaugurado em 180 dias; e construção de um outro em Machadinho do Oeste. Até o final do ano, serão abertas entre 1.200 a 1.300 vagas em todo o Estado. Mas o governador argumentou que ampliar número de vagas não é sua meta. “Pra que tanta gastança em um sistema perverso?”, questionou, informando que a intenção é evitar a criminalidade com a educação e ressocializar os detentos dentro dos presídios. “Não tenho orgulho de dizer que Rondônia é o Estado que mais prende no País, pois isso significa alto índice de criminalidade. Creio que os presídios deveriam contar com lavanderias para os presos lavarem suas roupas e também confeccioná-las para vendas externas, plantar hortaliças, fazer artesanato”, justificou.
Em Porto Velho e Ariquemes, onde a criminalidade se destaca, o investimento é feito com o policiamento comunitário. Ainda para a Capital, o governador anunciou que até o mês de março será inaugurada a Central de Polícia em construção na avenida Jorge Teixeira, fruto das compensações das usinas do rio Madeira.
Após o programa, o governador aproveitou para visitar os estúdios da Rádio CBN (1,310 AM), quando tratou dos mesmos assuntos com o jornalista Solano Ferreira, no programa CBN Rondônia.

COMENTÁRIOS

Nenhum Comentário Publicado. CLIQUE AQUI E SEJA O PRIMEIRO!

Postar comentários sobre esta matéria no FACEBOOK

Rua Getúlio Vargas, 2086 - Sala F
São Cristovão / Porto Velho - RO
Fone: 69 3229-0169 / 8439-0794
rondoniadinamica@gmail.com
© Copyright 2012 RONDÔNIA DINÂMICA COMÉRCIO E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA