Reunião em Porto Velho vai cobrar medidas das usinas no controle do nível do Madeira

Reunião em Porto Velho vai cobrar medidas das usinas no controle do nível do Madeira

Rio Branco, AC – Os representantes dos órgãos ligados ao controle e monitoramento da bacia do rio Madeira, vão se reunir em Porto Velho para cobrar dos responsáveis pelas usinas de Santo Antônio e Jirau, medidas que auxiliem no controle do nível do rio para evitar uma grande enchente.

Leia Também: Exclusivo – Decisão antecipava enchente em Rondônia e isolamento do Acre; ESBR tem até abril para retirar moradores de Abunã

O encontro acontece na próxima segunda-feira (22), na capital rondoniense e terá como representante do governo do Acre, o coronel Carlos Batista, comandante do Corpo de Bombeiros.

Batista foi o oficial que comandou todas as ações do Acre durante a histórica cheia de 2014 e conhece a fundo a região que foi inundada naquele ano e se especializou em atuação de grandes desastres naturais.

Ele vai se juntar a representantes da Agência Nacional das Águas (ANA), Serviço Geológico do Brasil (CPRM), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Departamento Nacional de Infra Estrutura(DNIT), para cobrarem medidas de controle das comportas das usinas, que possuem o poder de aumentar ou diminuir o nível do rio.

Batista disse que esse encontro vai servir para que o governo do Acre apresente um relatório de danos que o estado pode sofrer com uma nova enchente, levando em conta a inundação da BR-364, por onde passam todos os insumos que abastecem o estado.

Autor / Fonte: Jairo Barbosa / AC24H

Leia Também

Comentários