Porto Velho - Operação Lei Seca conjunta prende nove por embriaguez

Durante a operação Lei Seca - Trânsito Vivo, na madrugada desta segunda-feira (12) em conjunta com a Polícia Militar, Departamento Estadual de Trânsito e Polícia Rodoviária Federal, foram presos nove condutores por embriaguez na direção, dois por desacato e outro por conduzir veículo oficial sob influência de álcool.

As abordagens ocorreram na Avenida Jorge Teixeira com Pinheiro Machado e na Rua Elias Gorayeb.

Um advogado de 44 anos conduzia um automóvel modelo Corolla, quando ao ver a operação parou o carro antes. Porém, ele foi abordado e logo recusou fazer o teste. Dentro do carro foram observadas algumas latinhas de cervejas e o homem apresentava sinais de embriaguez. Ele recebeu voz de prisão.

Um jovem de 23 anos pilotava uma motocicleta Honda Twister, quando ao ver a blitz, retornou na contramão, colidiu em uma viatura da polícia e saiu em fuga. Ele somente foi abordado na Avenida Imigrantes com Elias Gorayeb. O suspeito recusou fazer o teste e foi preso através de constatação.

Outro caso que chamou a atenção, foi o de um servidor que dirigia um carro oficial, o teste de etilômetro teve resultado de 0,10 MG/L - teor considerado infração de trânsito, mas não caracteriza crime de embriaguez. O veículo modelo Astra pertence a Polícia Militar.

Teve ainda dois jovens de 19 e 23 anos presos por desacato e perturbação do trabalho. Uma equipe da polícia fazia abordagem em um condutor que havia tentado se esconder em uma conveniência nas proximidades, quando a dupla entrou na frente da equipe atrapalhando o trabalho e incitando outros clientes do comércio contra os militares.

"Vocês não podem abordar o cara, ele não fez nada", dizia um dos suspeitos.

Autor / Fonte: Rondoniaovivo

Leia Também

Comentários