Publicada em 05/01/2012 - 09h45min   /  Autor:  DEU B.O.
Polícia de Rondônia esclarece chacina em Jacy-Paraná

Foi divulgada na noite de terça-feira o andamento das investigações

Foi divulgada na noite de terça-feira o andamento das investigações do crime macabro, conhecida como a chacina de jaci –paraná: 8 dias de investigação foi o suficiente para identificar os autores do crime: segundo o diretor da divisão da delegacia de homicidio dr. alessandro morey e dr.roselei de lima titular da especializada, quatro acusados do crime já estão presos mediante mandado de prisão temporária, as investigações aponta um grupo de extermínio voltado á extorsão de traficantes, execusão de pessoas envolvidas em roubos e rixas com grupos rivais, segundo os investigadores o principal acusado policial militar lotado no distrito de jaci-parana- identificado como sendo claudiomar oliveira de assis, preso foi levado para a delegacia de crimes contra a vida , o policial foi indiciado, durante o interrogatorio policiais localizaram uma arma de fogo na casa do policial uma pistola cal 380 com munições, como estava com a prisão decretada foi flagranteado.



Policiais prenderam o braço direito do grupo de exterminio, givanildo bezerra da silva, após a chacina fugiu indo á guajara-mirim, em uma barreira montada na br 425 foi abordado por policiais civis e preso, o acusado estava com uma pistola na cintura e grande quantidade de munições, preso foi recambiado para capital, givanildo é apontado como sendo o principal executor das vitimas da chacina, o acusado é suspeito de estuprar á criança de cinco anos e a mãe maria lucia da silva de 24 anos,após ser ouvido e indiciado givanildo foi levado para o município de guajará- mirim onde responde por porte ilegal de arma.



No dia 28/12/2011 no distrito de jaci- paraná, foram presos: darli de lima da silva vugo “bocão e tiago da silva nascimento, segundo a delegada de policia, roselei de lima,a dupla é apontada como sendo integrantes do grupo liderando por d.assis, preso darli disse ter matado um homem conhecido como magrão.



As vitimas foram mortas com requintes de crueldade identificadas como sendo lienir batista de andrade de 41 anos, a esposa gestante de 4 meses maria lucia da silva pereira de 24 anose a filha de 5 anos, a criança foi estuprada e teve os dedos cortados e pescoço degolado, alem da familia executada foram mortos marisandro almeida diniz de 33 anos ele foi algemado e morto com um tiro na nuca, o outro corpo foi identificado como sendo gerson gomes da silva vugo magrão, executado a tiros e teve as pernas e braços quebrados, os corpos estavam em covas rasas, ainda de acordo com alessandro e roseley, todos os presos tem participação direta na chacina, de acordo com o delegado podem acontecer mais prisões, uma denuncia aponta mais um envolvido que esta foragido, identificado como sendo mateus vugo paçoca ou boliviano, quem souber a localização favor ligar para a delegacia de crimes contra a vida 0800-285-8821 sua informações serão mantidas no mais absoluto sigilo, os quatros acusados de fazer parte o grupo de extermínio vão ficar a disposição da justiça, segundo os investigadores, os acusados presos participaram da chacina diretamente com requintes de crueldade.

COMENTÁRIOS

Deus sabe o q faz,a gent naõ sab o q diz;essas pessoas merecem muito mais q prisão ...mas está entregue nas mãos d nosso advogado fiél q é noso Senhor Jesus Cristo...estrupar e matar não a prisão q pague...

josiane Pereira Cacau

Postado em 16/01/2012 às 15:41

Rua Getúlio Vargas, 2086 - Sala F
São Cristovão / Porto Velho - RO
Fone: 69 3229-0169 / 8439-0794
rondoniadinamica@gmail.com
© Copyright 2012 RONDÔNIA DINÂMICA COMÉRCIO E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA