Perdemos um grande amigo da cultura carnavalesca de Porto Velho

Lenha na Fogueira

Perdemos um grande amigo da cultura. Principalmente da cultura carnavalesca de Porto Velho. Pra quem não sabe, Rubens Moreira Mendes sem fazer alarde, sempre contribuiu para o sucesso do nosso carnaval.
 

********

Basta lembrar, que sua família portovelhense era toda do bairro Caiari reduto da escola de samba Pobres do Caiari e em consequência, Moreira Mendes sempre colaborava com os desfiles da escolinha.

********

Do mesmo jeito, por ser chegado da turma da Diplomatas e Castanheira também colaborava com essas agremiações.

*********

Agora, a entidade que mais contou com o apoio do Rubens Moreira Mendes foi a Banda do Vai Quem Quer. Rubinho como o Manelão o chamava, sempre marcou presença com sua ajuda a BVQQ.

*********

Isso continuou após a morte do Manelão durante a direção da Siça. Sempre ele ligava perguntando se a Siça estava precisando de algum apoio que ele pudesse resolver e muitos foram os pepinos de última hora, resolvidos por ele.

*********

Quem acompanha a Banda pode comprovar. Ele sempre estava em frente ao trio elétrico na solenidade da saída da Banda, quando o Manelão e depois a Siça, profere a famosa frase: “Para tristeza de pouco e alegria de muitos, a Banda esta na rua”.

********

Sua participação começava na Sede do bloco, antes na Presidente Dutra e finalmente na Joaquim Nabuco. A solenidade consiste na reunião de toda a equipe de diretores da Banda e alguns convidados especiais participarem do toque do SINO e logo após, todos saem no rumo da Praça das Caixas D'água local da concentração dos foliões e então é dada a largada.

********

Este ano o Moreirão não compareceu, já estava convalescendo do mal que o levou, mesmo assim, a Siça citou seu nome na hora de tocar o SINO.

********

Bem que poderíamos estar falando do Rubens Moreira Mendes o jovem advogado que por aqui desembarcou, muito antes de Rondônia ser estado. O Rubens Moreira Mendes advogado atuante, ou o Rubens Moreira Mendes secretário de estado no Governo Piana.

*******

O Rubens Moreira Mendes criador junto com outros parceiros, da Associação dos Criadores de Rondônia que por muitos anos promoveu a EXPOAGRO que virou Expovel. O Mereia Mendes fazendeiro e Agropecuarista. O Moreira Mendes empreendedor visionário no setor de turismo. Quando falo em visionário me refiro a Fazenda Três Capelas que na realidade, é uma estância turística e por isso, ele foi um dos fundadores da Associação que congrega empresas que trabalham o turismo em Rondônia.

********

Moreira Mendes o Senador e depois deputado Federal. Rubens Moreira Mendes que para muitos era sisudo, mas, na realidade, era uma pessoa solicita, amiga. Descansa em Paz amigo!

********

Como já entramos no assunto: Vamos também lembrar de uma outra pessoa que nos deixou também na terça-feira.

********

Estou me referindo a dona Jovelina uma senhora que dedicou sua vida a Cultura Popular em especial a Brincadeira de Boi Bumbá.

********

Quando eu cheguei no Boi Bumbá Corre Campo dona Jovelina já estava la ajudando o Antônio de Castro Alves na organização de tribos, barreiras e nos ensaios.

********

Passei a admirá-la pela dedicação sem exigir nada, seu prazer era ver o Corre Campo dançando no Flor do Maracujá.

********

Depois ela foi colaborar com outros grupos de bumbás como o Vencedor onde ultimamente dedicava seus conhecimentos ajudando a diretoria.

********

A casa da dona Jovelina vivia cheia de brincantes de bois bumbás, não tinha hora, a turma ia pra lá curtir uma cerveja com tira gosto de churrasco ou peixe assado.

********

Duas pessoas amigas foram para a graça de Deus. Uma muito bem posicionada no meio empresarial e a outra muito considerada pelos atuantes da cultura popular. Duas pessoas queridas por todas de seus relacionamentos. Que descansem em PAZ!

SETUR - Encontro Nacional de Pilotos de Parapente

O governo de Rondônia através da Superintendência Estadual de Turismo – SETUR realiza em parceria com a Confederação Brasileira de Voo Livre o 19º Encontro Nacional de Pilotos e Instrutores de Voo Livre, na Estância Turística de Ouro Preto do Oeste.

Ouro Preto do Oeste está de volta ao cenário do esporte aéreo com a realização da 5ª edição do XC Amazônia Sem Limites, competição de Cross Country livre na Amazônia Ocidental, válida pelo ranking mundial da FAI.

Segundo o Superintendente da Setur Gerçon Zanato o governo de Rondônia está apoiando o evento, no que diz respeito a logística de deslocamento e acomodação da equipe da CBVL. Após as competições, vamos nos reunir com a equipe de instrutores e palestrantes com o sentido deles nos passarem, o que será preciso fazer em nível de Setur para que o evento não venha mais sofrer paralisação”, disse Zanato.

Chico Santos presidente da CBVL lembrou, que o evento será dividido em duas etapas: “A 1ª acontecerá nos dias 13 e 14 com a realização do Seminário sobre Segurança de Voo e Primeiros Socorros e a segunda, que vai acontecer entre os dias 14 a 18 com a realização das competições” disse Chico Santos.

O recordista mundial de distância até pouco tempo, André Fleuri que veio de Brasília disse que esteve em Rondônia ha alguns anos, e que a modalidade vem se sobressaindo muito, principalmente, nas modalidades parapentes e asa delta. André conseguiu o recorde mundial voando 353 Km em 11 horas e 20 minutos na categoria voo duplo.

Cross Cowntry

Cross Cowntry é uma corrida de parapentes. Funciona como se fosse uma maratona com largada percurso e chegada, porém no parapente tudo por GPS e voando. Aquele que for mais longe em todos os dias de provas é quem se encaixa como vencedor, mas, o maior vencedor, é o grupo todo chegando o mais longe possível no maior número de pilotos, através das correntes térmicas e deriva de vento. “Na Região Norte somente Ouro Preto do Oeste e Conquista do Oeste (MT) tem eventos de parapente. Temos projetos pra sediar etapas do campeonato brasileiro e outros campeonatos internacionais futuramente” disse o presidente da CBVL Chico Santos prosseguindo: “No Cross Country ainda não existe um campeonato brasileiro porém, define-se os melhores do ano em uma seleção dos sete melhores voos do piloto, lançados no site do XC Brasil.

Recorde da Região Norte

O recorde de distancia da região Norte é do Juan Alex Testoni de Ouro Preto do Oeste que fez 246 km de Parapente partindo de Ouro Preto e pousando próximo a Nova Dimensão em 6h30 de voo livre. O recorde mundial é do Brasil em Quixada no ceara com 516 km de voo em mais de 11 h de voo.

Programação

Sexta-feira - Dia 13 de Julho

- 20h00 as 23h30 - Confirmação das inscrições e distribuição de kits


Local: Hotel Graúna

Sábado - Dia 14 de Julho

- 9h00 - Subida para Rampa

- 9h30 - Solenidade de abertura do evento na rampa

- 10h00 – Briefing

- 10h30 - Abertura da Janela Primeiro dia de prova.

- 19h00 - Marcação de voo no QG Graúna Resort.

- 20h30 - Churrasco de Confraternização

Do dia 15 ao dia 18 de Julho

- 9h00 - Subida para Rampa

- 9h30- Briefing e distribuição de kit

- 11h45 - abertura da janela de provas.

- 19h00h - Marcação voo QG Grauna resort

Quarta-feira - Dia 18 de Julho

- 17h00h – Premiação.

CHAMAMENTO PÚBLICO

Prefeitura lança edital para ocupação

dos boxes do Mercado Cultural


A Prefeitura de Porto Velho lançou esta semana o edital de chamamento público (Nº 0004/2018) para credenciamento de interessados na locação de cinco boxes (salas) no Mercado Cultural. A documentação pode ser entregue até o dia 09 de agosto, das 8h às 14h, na Fundação de Cultura do Município (Funcultural), localizada na Rua Elias Gorayeb, nº 1514, Bairro São Cristóvão.

São cinco ambientes, sendo um destinado para pessoas que trabalham com estamparia e lembrancinhas com motivos regionais, um para ser usado como galeria cultural e um destinado a barbearia. Já as outras duas salas, os interessados devem apresentar projeto para ocupação.

Para o presidente da Funcultural, Ocampo Fernandes, o chamamento veio para criar uma organização dentro do Mercado Cultural. "Com o tempo houve um desgaste natural e, agora, essa dinâmica e renovação vai dar um novo aspecto e ordenamento ao local, com gestão administrativa”, declarou. “Além disso, pretende-se democratizar o uso dos espaços disponíveis, gerando a possibilidade dos turistas e portovelhenses encontrarem produtos que sejam da nossa região, voltando, assim, a ser um 'point' de cultura, com o apoio da iniciativa privada e do poder público municipal", completou Ocampo Fernandes.

De acordo com assessora jurídica da Funcultural, Daiane Marinho, o chamamento é exclusivo para pessoas físicas, sendo necessário a entrega de dois envelopes contendo um plano de trabalho (proposta) indicando o box de interesse e todas as documentações necessárias (CPF, RG, certidões negativas da Receita Federal, Estadual e Municipal, certidão negativa criminal, comprovante de residência) e o que considera de relevância à promoção do indicado. "Uma comissão vai selecionar, entre os candidatos, qual a melhor proposta que atende os interesses da população e que seja de cunho social".

"Após a seleção, será aberto processo de assinatura de Termo de Permissão de Uso e enviado a Procuradoria Geral do Município (PGM), passa por entrevista e depois faz a abertura do processo com o pagamento de uma taxa junto a Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz) e é aberto um contrato de dois anos, prorrogável por igual período", ressaltou Daiane.

Valores

A taxa mensal de permissão, dependendo do boxe, vai de R$ 303,14 a R$ 321,06. Os valores estão de acordo com o art. 161, Anexo I, Tabela III, Item 2 da Lei Complementar nº 199/2004 alterada pela Lei Complementar nº 455/2012, do Código Tributário Municipal. Informações, ligar para (69) 3901-2974.

Comdecom

Autor / Fonte: Zekatraca

Leia Também