Léo Moraes de malas prontas para o Podemos, blitze aceleradas no final de ano, voto impresso fora das eleições de 2018

 Federal – A informação, ainda, não é 100%, mas podemos afirmar que tem procedência. Não é segredo que o jovem deputado estadual Léo Moraes (PTB-PVH) irá deixar o partido. Ele pretende disputar a Câmara Federal em 2018 e não pretende “bater de frente” com o presidente do diretório regional, deputado federal Nilton Capixaba (PTB-RO), que é pré-candidato à reeleição. Comentou-se nas últimas semanas que Léo assumiria o comando estadual do PPS. Mas há mudanças.

Podemos – O partido liderado no país pelo senador do Paraná, Álvaro Dias, o mais bem votado do Brasil, chega forte a Rondônia. O Podemos deverá ser o partido de Léo Moraes na sua caminhada rumo a uma pré-candidatura a deputado federal no próximo ano. Na última semana foi mantido contato com o senador Álvaro Dias, que pretende organizar o partido visando as eleições gerais de 2018 e Léo Moraes deverá ter um partido com mais força eleitoral para aspirar uma candidatura à Câmara Federal.

Culto – Servidores efetivos e comissionados das Assembleia Legislativa (Ale) estiveram reunidos na manhã de hoje (18), no plenário e no auditório para o culto em ação de graças de final de ano. A chefe de gabinete da presidência, Irma Fogaça agradeceu a todos pelos serviços prestados no ano que está chegando ao fim e o deputado Edson Martins (PMDB-Urupá), 1º vice-presidente da Mesa Diretora em nome dos deputados. O presidente Maurão de Carvalho (PMDB-Ministro Andreazza) fecha o ano em alta com os servidores. O 13º já está pago e o salário de dezembro será disponibilizado amanhã (19).

Blitze – A chegada do final de ano mobiliza a Companhia de Trânsito da Polícia Militar do Estado. Além das blitze convencionais, que são realizadas com regularidade como a Cavalo de Aço (motocicletas) e a Lei Seca, outras ações serão realizadas com a finalidade e oferecer à população maior segurança. Os abusos são tantos, que nas operações da Cavalo de Aço são realizadas em média 150 abordagens e apreendidas de 30 a 40 motocicletas. É o fim da rosca...

Voto – Lei aprovada no Congresso Nacional determina que a partir das eleições de 2018, o voto impresso será obrigatório. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que isso não será possível em razão de restrições orçamentárias. O presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes anunciou a compra de 30 mil impressoras, Ocorre que há mais de 600 mil urnas eletrônicas. O Brasil é mesmo um país difícil de ser levado a sério.

Respigo

A posse dos desembargadores Sansão Saldanha e Rowilson Teixeira no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Rondônia sinaliza que as regras das eleições do próximo ano serão aplicadas com o máximo de rigor. Quem conhece a firmeza de Sansão Saldanha sabe do que estamos falando +++ Agradecimentos ao deputado estadual Airton Gurgacz (PDT/Ji-Paraná) que todo final de ano demonstra o porquê, aumenta com regularidade seu contingente de amigos. “Amigo é coisa para se guardar...”, diz parte da letra da música “Canção a América”, do Milton Nascimento +++ A pré-candidatura do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) é a que fomenta o maior número de polêmica. O leitor do RD Política de São Paulo, Renne Bueno escreve à coluna defendendo o nome de Bolsonaro candidato a presidente da República em 2018 +++ O advogado Caetano Neto, presidente da Associação de Defesa dos Direitos da Cidadania percorre o interior do Estado divulgando sua pré-candidatura ao governo do Estado. Caetano Neto denuncia o “Trenzinho da Alegria” de diárias de vereadores, para viagens a Brasília e Porto Velho, que “são ilegais”, segundo ele.

Autor / Fonte: Waldir Costa / Rondônia Dinâmica

Leia Também