Ji-Paraná a nova Capital Política do interior, Lebrão obteve mais de 4,6 mil votos em colégio eleitoral de 11 mil votos, Luizinho Goebel é destaque no Cone Sul

 

Federal – Ji-Paraná tem hoje dois deputados na Assembleia Legislativa (Ale). Laerte Gomes (PSDB) se reelegeu e Airton Gurgacz (PDT), não. A partir de fevereiro do próximo ano a segunda cidade de maior importância terá, além de Laerte, também o cabo Jhony Paixão (PRB). Continuará com dois representantes na Ale, mas ganhou mais um senador (Marcos Rogério-DEM), que é deputado federal, eleito no último dia 7 e Acir Gurgacz (PDT), que tem mais 4 anos de mandato. A Capital Política do interior, que é Rolim de Moura, passará a ser Ji-Paraná, que também elegeu a vereadora Sílvia Cristina (PDT) deputada federal.  

Federal II – A força política do interior em representatividade federal é Rolim de Moura, que hoje tem Ivo Cassol (PP-RO) senador-licenciado, Marinha Raupp (MDB-RO), Luiz Cláudio (PP-RO) e Expedito Neto (PSD-RO) na Câmara Federal. Cassol encerrará o mandato este ano e Marinha Raupp e Luiz Cláudio não conseguiram a reeleição. Jaqueline Cassol (PP), irmã de Ivo foi eleita, mas seu domicílio eleitoral é Cacoal, que perdeu Nilton Capixaba (PTB-RO), que ficou inelegível.

Governo – Afirmar que será o futuro governador de Rondônia é uma missão nada fácil. Expedito Júnior (PSDB) venceu o primeiro turno com quase 60 mil votos a frente do coronel Marcos Rocha (PSL). O candidato do PSL tem a seu favor o fenômeno eleitoral Jair Bolsonaro, que disputará a presidência da República em segundo turno com Fernando Haddad, do PT. Júnior é jovem, mas político experiente, que já foi senador e deputado federal. É a segunda vez que tenta governar o Estado (em 2014 perdeu para Confúcio Moura-MDB).

Deputado – Em setembro deste ano o município de São Francisco do Guaporé tinha pouco mais de 11 mil eleitores, número que não deve ter oscilado muito nas eleições do último dia 7. A jovem Gislaine Lebrinha (MDB) é a prefeita reeleita em 2016 com 88,12% dos votos válidos. Ela é filha do deputado estadual Eurípedes Lebrão (MDB-São Francisco), reeleito com 20.357 votos, o mais bem votado do Estado. Lebrão obteve 4.624 votos em São Francisco, o que demonstra a sua liderança e da filha Lebrinha. O segundo deputado estadual mais bem votado em São Francisco foi Ismael Crispin, do PSB, com 523 votos.

Capital – Porto Velho tem na Assembleia Legislativa (Ale), na atual legislatura seis dos 24 deputados. Além de Léo Moraes (Podemos), que se elegeu deputado federal, os demais concorreram à reeleição, mas somente dois se reelegeram: Anderson do Singeperon (Pros) e Aélcio da TV (PP). Mas a capital estará bem representada a partir de fevereiro do próximo ano, quando serão empossados os novos parlamentares, porque elegeu sete dos 24 deputados da Casa do Povo, com os dois reeleitos.

Respigo

O calor neste início de inverno amazônico (chuvas) está castigando a população de Porto Velho. Ontem (15) e hoje os termômetros estiveram em torno de 35 graus desafiando os ares-condicionados que não davam conta do recado+++ Faltam 12 dias para as eleições em segundo turno em Rondônia. Pelo menos em Porto Velho a mobilização dos cabos eleitorais, ainda, não é das maiores +++ O deputado Luizinho Goebel (PV-Vilhena) foi reeleito com 16.999 votos. E se consolidou como a maior liderança do Cone Sul, desbancando os Donadon, que há anos dominavam politicamente a região +++ Este ano Luizinho foi peça fundamental na eleição do prefeito Eduardo Japonês (PV) na eleição suplementar de junho último. Goebel é o nome em evidência para disputar a eleição a prefeito em 2020.

Autor / Fonte: Waldir Costa / Rondônia Dinâmica

Leia Também

Loading...