Improbidade/nepotismo – Prefeito é investigado por nomear esposa à Secretaria de Desenvolvimento Social


Evandro Marques, do DEM, na 'mira' do Ministério Público

Porto Velho, RO – O Ministério Público de Rondônia (MP/RO), através de atuação da promotora de Justiça Tâmera Padoin Marques Marin, instaurou inquérito civil público a fim de investigar conduta supostamente ilegal desencadeada por um prefeito do interior.

Evandro Marques da Silva (DEM), prefeito de Monte Negro, teria nomeado a esposa Eliane Marques Batista dos Santos para ocupar o cargo de Secretária Municipal de Desenvolvimento Social (SEMDES), figurando, em tese, a prática de nepotismo.

Caso a atitude ilegal seja comprovada, o MP/RO deverá ingressar com ação civil pública na Justiça de Rondônia (TJ/RO) a fim de responsabilizar os envolvidos por improbidade administrativa.

Rondônia Dinâmica entrou em contato com a Prefeitura de Monte negro para ouvir o outro lado da versão, mas até o fechamento da matéria não obteve retorno. O espaço está aberto para eventuais esclarecimentos.

Confira o extrato do procetimento abaixo

EXTRATO DE PORTARIA
Procedimento n. 2017001010021754
Data da instauração: 11 de dezembro de 2017
Promotoria: 3ª Promotoria de Justiça de Ariquemes/1ª Titularidade
Promotora: Dra. Tâmera Padoin Marques Marin
Investigados: Evandro Marques da Silva (Prefeito Municipal) e Elaine Marques Batista dos Santos (Nomeada)
Assunto: INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO. Portaria nº 312/2017-PJA. Averiguar ato de improbidade administrativa, consistente na prática de nepotismo no âmbito do Município de Monte Negro em razão da nomeação da esposa do Prefeito Eliane Marques Batista dos Santos para ocupar o cargo de Secretária Municipal de Desenvolvimento Social.

 

Autor / Fonte: Rondoniadinamica

Leia Também

Comentários