Hospital Regional inicia reformas físicas e informatização do Pronto Socorro

Hospital Regional inicia reformas físicas e informatização do Pronto Socorro

O Hospital Regional de Vilhena iniciou em janeiro a reforma do Pronto Socorro e a informatização dos atendimentos. De acordo com o diretor, as adequações servem para melhorar o serviço oferecido aos pacientes.

De acordo com o diretor geral do Hospital Regional de Vilhena, Wagner Wasczuk Borges, o Hospital Regional venceu o desabastecimento farmacêutico e hoje conta com um estoque regulado, o que permite novos investimentos na estrutura fisica e atendimento. “Em 2017 nós investimos em medicamentos para conseguir regular o estoque. Neste ano já iniciamos várias reformas para poder adequar nossa estrutura. Além disso, vamos informatizar os dados dos nossos pacientes para melhor atendimento e comodidade”, explicou.

Cerca de 25 computadores foram destinados à unidade. O secretário Marco Aurélio Vasques explica a modernização. “Lá na entrada o paciente será cadastrado. A ficha dele será lançada em um sistema que implantamos e os exames laboratoriais ou de imagens serão anexados a estes dados de forma com que os médicos clínicos e especialistas tenham acesso rápido às informações e de maneira menos custosa ao município, sem muitas impressões de papeis”, detalhou. O sistema ainda está em fase de testes, mas deve entrar em breve em funcionamento.

Também já estão em andamento a reforma física do Pronto Socorro, a construção de um novo necrotério, e diversos outros setores do HRV estão sendo reparados. “É um prédio com mais de 30 anos que necessita de adequações. Já iniciamos para melhor atender aos nossos pacientes e posteriormente pensar na construção de um novo hospital”, disse a prefeita Rosani Donadon.

Serão investidos quase R$ 5 milhões nas reformas que serão realizadas no HRV em 2018. Além destes investimentos, as outras unidades de saúde receberão reparos paliativos através do processo já licitado de Manutenção Predial. De acordo com a administração, as manutenções serão preventivas para preservação do patrimônio municipal.

Autor / Fonte: Assessoria / Prefeitura

Leia Também