Em tom de irritação, Confúcio admite publicamente a pré-candidatura de Maurão pelo MDB

Reclamação

Repercutiu nos bastidores políticos a reclamação de Confúcio Moura (MDB), em relação à imprensa em recente encontro do partido em Jaru. O ex-governador aparentou brabeza somente porque analistas citavam que ele não tinha ido nenhuma vez a eventos onde o nome do deputado Maurão de Carvalho (MDB) era confirmado e reconfirmado como pré-candidato ao governo do Estado pelo partido.

Do partido

No discurso, em tom de irritação, pela primeira vez Confúcio admitiu publicamente a pré-candidatura de Maurão pelo MDB. Mas em nenhum momento o ex-governador disse que o deputado é o “meu pré-candidato”. E depois ainda, pelo menos aparentemente, acha ruim quando a imprensa faz a leitura política dos acontecimentos.

Visão

Tem coisa que muda de acordo com o ponto de vista do jornalista. Escreveram que Maurão não entra em bola dividida, por isso apenas acompanhou a reclamação de Confúcio. Se fosse outro o escriba, poderia dizer que Maurão, ciente do jogo contra feito pelos aliados do ex-governador, olhou desconfiado para Confúcio.

Wagner

Enquanto isso, os mesmos aliados do ex-governador que juravam de pés juntos que continuariam no governo Daniel Pereira, ainda tentam massificar o nome do ex-secretário da Fazenda, Wagner Freitas. Mas pararam de dizer que ele seria a pessoa ideal para concorrer ao governo do Estado. Pode ser que Wagner busque a pré-candidatura a outro cargo.

Técnico

É preciso reconhecer que Wagner Freitas é um excelente técnico. Dizem que, por ter contido as despesas, ele é um dos responsáveis por o governo Confúcio não ter afundado. Os luas pretas do ex-governador só precisam entender que isso não o cacifa a disputar o governo do Estado. Que tal tentar ser deputado primeiro? Depois pode buscar voos mais altos.

Negociação?

É bom a cúpula do MDB ficar alerta. Uma ala do partido estaria negociando uma composição com importante grupo da pesada existente no PSDB de Rondônia. A ala emedebista se junta a um grupo que pretende convencer o ex-senador tucano Expedito Júnior a concorrer ao governo do Estado.

Bico

Pessoas maldosas dizem que alguns peessedebistas se parecem mais com aves de rapina do que com qualquer outra coisa. Mas não é assim. É bom lembrar que tucano tem o bico grande, assim como alguns integrantes do partido, que têm uma bocarra capaz de tirar grandes nacos de dinheiro público em cada mordida. Não precisam trocar as aves, portanto.

Expedito

Enquanto isso, Expedito Júnior tem dito que pode até ser pré-candidato ao governo, mas está esperando uma definição do senador Acir Gurgacz (PDT-RO). Analistas políticos, no entanto, garantem que isso é conversa para ninar bovino. Expedito estaria tentando somente evitar as críticas que poderão aparecer no momento em que assumir para valer uma pré-candidatura.

Ficha limpa

Vale lembrar que Expedito Júnior é ficha limpa, e também um nome forte. Assim, algumas pessoas de má índole que teimam em gravitar em torno dele estariam eufóricas com a possibilidade de uma pré-candidatura ao governo. É gente que, se o administrador público bobear, leva o cofre inteirinho para casa. Amam dinheiro público.

Autor / Fonte: Nilton Salina

Leia Também

Comentários