Editorial – 2ª rodada Ibope vai dizer se os três caciques estão mesmo com a bola toda na disputa pelo Governo de Rondônia

Editorial – 2ª rodada Ibope vai dizer se os três caciques estão mesmo com a bola toda na disputa pelo Governo de Rondônia

Porto Velho, RO – Expedito Júnior (PSDB), Acir Gurgacz (PDT) e Maurão de Carvalho (MDB) estão relativamente confortáveis em relação aos demais candidatos ao Governo de Rondônia se levarmos em conta os números da primeira – e única até agora – pesquisa Ibope.

O trio apareceu no dia 22 de agosto, respectivamente, com 30%, 15% e 10% de intenções de voto.

Em quarto lugar, com 4%, surgiu Pimenta de Rondônia, do PSOL, surpreendendo justamente por tratar-se de uma eleição onde nove postulantes disputam a cadeira máxima do Palácio Rio Madeira.


Marcos Rocha, o "homem" de Bolsonaro em Rondônia, não largou bem

Embora empatados, Pimenta, tecnicamente, deixou para trás na análise inaugural do instituto de pesquisa o próprio Coronel Marcos Rocha, do PSL, que foi secretário de Estado do governo anterior e, ainda, posiciona-se como o “homem” de Bolsonaro em Rondônia. Isso considerando a margem de erro equivocando-se para baixo, claro.

Na próxima segunda-feira (17) é o momento para tirar a prova real e separar os homens dos meninos.

Deve-se levar em consideração que a cotação será publicada quase um mês após a primeira rodada. De lá para cá uma enxurrada de programas eleitorais tanto no rádio quanto na televisão foi veiculada; a campanha ganhou as ruas e todos os candidatos já participaram de diversas sabatinas.

Quem se apresentou, ótimo. Os que não disseram ainda por que estão na peleja, já perderam.

Depois de amanhã será apresentado ao rondoniense o termômetro derradeiro que indicará se os três na ponta até agora estão ou não com a bola toda.

Se estiverem, restará aos demais fazer o possível e o impossível para que não tornem as suas participações no processo democrático um exercício inócuo da atividade política.

Os que souberem aproveitar a vitrine para adaptar suas pretensões a cargos mais palpáveis e muito menos voláteis, sairão vitoriosos – ainda que percam na urna em 2018.
________________________
Dados da pesquisa mencionada

  • Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Quem foi ouvido: 812 eleitores do estado
  • Quando a pesquisa foi feita: 16 a 21 de agosto
  • Registro no TRE: RO-03015/2018
  • Registro no TSE: BR-09340/2018
  • O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.
  • 0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado.

 

Autor / Fonte: Rondoniadinamica

Leia Também