Brasil, um país difícil de se entender

 Vocês acham que o Brasil é um país fácil de se entender? Nunca!

Os gringos enlouquecem tentando nos decifrar.

Olhem, até nós mesmos endoidamos para entender fatos incompreensíveis. Querem exemplos? Dou-lhes dois:

1 - Semana que vem, finalmente, o Tribunal Superior Eleitoral julgará o processo de cassação da chapa Dilma-Temer por crimes eleitorais cometidos durante a campanha de 2014, certo?

De quem é a iniciativa desse processo?

Resposta: do PSDB. Decorem essa sigla partidária.

O que se espera desse julgamento?

Resposta: que os réus sejam condenados e afastados dos cargos. Dilma já foi até cassada e está fora. Espera-se agora, a saída de Temer.

Se ocorrer esta decisão, como todos sonham, abre-se caminho para a eleição indireta de um novo presidente da República para concluir o mandato em 2018.E cria-se a oportunidade para a solução da crise de governança que vive o Brasil.

2 - E qual é o principal partido que agora dá apoio a um presidente que todos querem ver fora do Planalto?

Resposta: o PSDB! O mesmo que está pedindo a cassação dele lá no TSE, Estão vendo aí a contradição?

Nem o PMDB, maior partido do Brasil, do qual Temer é presidente licenciado, está lhe dando total apoio. Ao contrário. Seu líder no Senado, o cangaceiro Renan Calheiro, virou líder de todas as oposições ao presidente da República.

Temer está se segurando num fio. E que nome tem esse fio?

Resposta: PSDB. O mesmo que pediu sua cassação é o mesmo que lhe dá sustentação para não cair.

Agora me digam: o Brasil é fácil de entender?

Mais uma de lambuja:

3 - O processo que o TSE julgará a partir do próximo dia 6 de junho começou logo após as eleições de 2014. Decorem isso.

O processo de impeachment de Dilma de iniciou em dezembro de 2015.

E qual terminou primeiro?

Resposta: isso vocês ja sabem, né! Lógico que o de empeachment de Dilma. Acabou primeiro que o primeiro.

E qual dos dois processos é mais demorado e difícil?

Resposta: todo jurista dirá que cada caso é um caso e que o direito não é um valor absoluto. Mas apontarão para o impeachment como o mais complicado. Portanto, o mais difícil. Só que no Brasil, virou o mais fácil.

E aí? O Brasil é ou não é um país difícil de se entender?

OsmarSilva - jornalista - Presidente da Associação de Imprensa de Rondônia-AIRON - sr.osmarsilva@gmail.com

Autor / Fonte: Osmar Silva

Leia Também

Comentários