Boto comenta: Flores sai de cena, entra totem furtado; Polengay and ‘The Dark Side of the Ignorance’; CPF na nota do ex-padre e o amor dos Cassol pelo futebol

HUMOR

Por: Boto-Cor-de-Rosa
Contato: falecomoboto@gmail.com

Rio Madeira (ainda), RO – Não é por nada, sem querer soar pretensioso, mas fontes do Boto informaram por telepatia diretamente do Rio Tietê, que João Doria (PSDB), candidato à Presidência da República e ex-prefeito de São Paulo, se é que já foi, desistiu de dar ração aos pobres após ser exposto aqui. Infelizmente a porcaria processada agora vai para o prato das crianças nas escolas municipais paulistanas, pobres coitadas! Mas uma batalha de cada vez... Vamos a Rondônia!

Béeeeeeijo do Boto!

Sai Flores, assume o totem

Thiago Flores (PMDB) resolveu sair da Prefeitura de Ariquemes alegando “problemas pessoais”, como se não devesse satisfação a ninguém. A Administração Pública é o quintal de sua casa, claro. Ponto negativo. Mas o substituto é muito melhor e, aparentemente, mais atuante – embora estático. Em seu lugar, assume o totem de campanha furtado em 2014 pelas eleitoras enlouquecidas com a embalagem do então pleiteante, quando Flores concorreu a deputado federal.

Contra a censura

O substituto, sem condições de assinar nada e/ou assumir compromissos, nem de expressar sua vontade sequer através de piscadelas ao estilo “uma para sim” e “duas para não”, é a expressão mais forte da máxima “se não ajuda, não atrapalha”. Flores de papelão concedeu coletiva de Imprensa logo ao assumir o posto. “O senhor é contra a censura dos livros didáticos?”. O novo alcaide, ao silenciar, incorreu no adágio popular: quem cala, consente. O display demonstra atitude democrática e liberal.

Polengay

Falando nisso, alguns eleitores do peemedebista de carne e osso – o que pediu afastamento – integram a turma dos cidadãos de bem que se manifestou contra a empresa Polenguinho via Facebook. Daqui pra frente parece piada, mas não é. A marca lançou campanha publicitária alusiva à capa do álbum “Dark Side of the Moon”, do Pink Floyd, provavelmente a imagem mais conhecida não só do rock mundial, mas de todo o contexto musical da História. Os ignorantes atacaram a postagem alegando que o arco-íris seria uma espécie de defesa à causa LGBT.

Pra burro entender

A empresa foi obrigada a inserir disclaimer (aviso legal) para explicar bem explicadinho, pra burro entender, o contexto e o porquê da postagem. Inacreditável que essa gente a bradar sobre educação, cultura e doutrinação do que quer que seja não reconheça a capa do disco mais famoso do Planeta. Das duas, uma: ou é ignorância intratável, ou maldade deliberada – e não dá pra saber qual dos dois seria pior.

Medalha

Após o Senado salvar a pele do tucano Aécio Neves, algum cidadão, ou um grupo de gente corajosa, resolveu mudar a placa que apresenta o Congresso Nacional. Em vez de firulas e conversa fiada, a realidade: formação de quadrilha e corrupção ativa. Agora sim, nomenclatura cabível ao reduto mais espúrio do Brasil. Uma medalha pra quem fez isso, pelo amor de Deus!


São só 490 desses em desmatamento. Só

Os Cassol amam futebol

Os três filhos do senador Ivo Cassol, do PP, foram condenados a reparar dano ambiental pelo desmatamento ilegal de 352 hectares de floresta nativa. A área seria equivalente a 490 Maracanãs. Imagine, então, quantos Cassolões (Estádio José Ângelo Cassol) não seriam? É muito amor pelo futebol...

Para... béns

Aliás, a família do ex-governador recebeu os cumprimentos do vereador de São Vicente, no litoral de São Paulo, Dercinho, conhecido como Negão do Caminhão. “Quero desejar boa sorte aos três sentenciados que desmataram em prol do desporto e vou resumir em duas palavras: para béns". 

CPF na nota?

O desembargador Gilberto Barbosa esculhambou o ex-prefeito de Alto Alegre dos Parecis. Ton, do PT, ex-padre, que também ocupou recentemente uma das cadeiras de Rondônia na Câmara Federal, levou lapada segura em voto divergente em julgamento de recurso que aliviou as sanções impostas pelo Juízo de primeiro grau que o sentenciou por improbidade. Barbosa chegou a chamar Máriton de Holanda de “nosso cliente” por conta de outras condenações e punições. Embora tenha largado a batina, Ton também foi criticado enquanto clérigo. Rondônia Dinâmica falou sobre o assunto. E aí, CPF na nota?

Nos olhos dos outros

Os inimigos políticos de Pimenta de Rondônia, do PSOL, pré-candidato ao Governo do Estado, o atacam sistematicamente por aparecer em primeiro em todas as pesquisas. Os rivais escavaram o passado do socialista e descobriram carreira curta no pugilismo, encerrada após um escândalo. Nascimento Antônio da Silva passava pimenta na ponta das luvas para golpear os adversários nos olhos, desnorteando-os após acabar com suas visões. Com isso, recebeu o apelido Pimenta. O cartel é de cem por cento de aproveitamento. Da Silva nocauteou Reditario Cassol, Francisco Pantera, Odacir Soares, Thomaz Correia e José Bianco.

Porto Velho, o mais ultrapassado?

A comediante Tata Werneck, naquele ritmo frenético e incessante de falas não pausadas, entrevistou um piloto de avião em seu programa veiculado pela Multishow. Por sorte, lembrou de Rondônia entre as perguntas. Num dos ligeiros trocadilhos Tata questiona se Porto Velho é o local mais ultrapassado para se pousar um avião. Óbvio que para entender é preciso assistir ao vídeo inteiro, com pouco mais de quatro minutos. Vale a pena!

Tchau!

Esta é só mais uma de outras colunas que iremos apresentar. Lembre-se: você pode entrar em contato com o autor através do e-mail falecomoboto@gmail.com (sim, o endereço eletrônico existe mesmo!), encaminhando pautas para colaborar com a sacanagem institucional, nos ofendendo pelo teor das  publicações e, de vez em quando, até mesmo para elogiar o pobre coitado animal assalariado. Um ótimo final de semana!
____________________________

Fique de olho – O Boto mente que nem sente. Não leve nada a sério, a menos que queira, claro! 

Autor / Fonte: Boto-Cor-de-Rosa / Rondoniadinamica

Leia Também

Comentários