Publicada em 16/04/2013 - 16h20min   /  Autor:  José Bandeira Filho / Advogado
Advogado repudia homenagem à pecuarista que teria mandado matar Agenor de Carvalho

Advogado José Bandeira Filho está indignado com o desrespeito à memória de Agenor de Carvalho


A homenagem que a Assembleia Legislativa de Rondônia fazendo ao conceder o título de honra ao mérito ao pecuarista José Milton Rios tem o efeito de um verdadeiro ‘tapa na cara’ da advocacia rondoniense e brasileira. Esse cidadão, contra quem não tenho nada pessoalmente, é acusado de ser o mandante da covarde execução do advogado Agenor Martins de Carvalho no início dos anos 80 aqui em Porto Velho. A declaração, com sentimento de indignação, é do ex-presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de Rondônia (Caaro), advogado José Bandeira Filho, conclamando a advocacia de Rondônia a se mobilizar contra determinadas atitudes da Assembleia Legislativa.

Bandeira argumenta que o advogado Agenor Martins de Carvalho, muito conhecido em Rondônia pela sua luta em favor dos menos favorecidos, foi assassinado porque defendia famílias pobres que buscavam um pedaço de terra na região onde hoje é o bairro Nova Porto Velho e Agenor de Carvalho, áreas da União que alguns barões do latifúndio alegavam ser suas. “O advogado Agenor de Carvalho foi impiedosamente executado na calada da noite por pistoleiros vindo da cidade de Ji-Paraná e até hoje os acusados de serem os mandantes não foram a julgamento, mesmo tendo a polícia prendido os matadores que acusaram o pecuarista José Milton Rios e o empresário Carlos Figueiredo, então dono do suntuoso Floresta Hotel, como os autores da ordem para executá-lo, mas nunca chegaram a ser julgados para provar ou não suas inocências”, lembra Bandeira Filho.

Além de conviver com a impunidade, já que os acusados de serem os mandantes nunca sentaram no banco dos réus, agora a advocacia e as famílias que conheceram e conviveram com o Agenor terão de ver um de seus algozes sendo homenageado pela Assembleia. Segundo o ex-presidente da Caaro, isso parece brincadeira de mau gosto e precisa de uma reação firme da Seccional Rondônia da OAB, sob pena de total desmoralização da advocacia.

Ademais, segundo o advogado Bandeira Filho, quais são os méritos do pecuarista José Milton Rios, que a sociedade rondoniense desconhece. “No meu ponto de vista isso é mais uma provocação do presidente da Assembléia Legislativa contra os advogados e precisa receber uma resposta institucional, nem que para isso tenhamos de mobilizar o Conselho Federal da OAB, já que a atual direção da seccional Rondônia não se manifesta e se mostra indiferente quanto à defesa da advocacia”, reitera.

José Bandeira Filho

COMENTÁRIOS

Nenhum Comentário Publicado. CLIQUE AQUI E SEJA O PRIMEIRO!

Postar comentários sobre esta matéria no FACEBOOK

Rua Getúlio Vargas, 2086 - Sala F
São Cristovão / Porto Velho - RO
Fone: 69 3229-0169 / 8439-0794
rondoniadinamica@gmail.com
© Copyright 2013 RONDÔNIA DINÂMICA COMÉRCIO E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA