Servidora denuncia fraudes praticadas pela alta cúpula da Semdestur


Porto Velho, RO –
Um escândalo de grandes proporções está tomando forma com pouco mais de um ano de administração Mauro Nazif (PSB) à frente da Prefeitura de Porto Velho. Quem dá o tom é uma servidora, afastada de suas funções por ter sido acusada de fraudar o sistema de pagamento do seguro-desemprego no Sine Municipal.

Para se defender, a mulher trouxe à tona revelações diante de alguns vereadores na Sala de Comissão da Câmara Municipal da capital. Suas denúncias envolvem a alta cúpula da Secretaria Municipal de Desenvolvimento do Turismo (Semdestur).

A servidora informou que era atendente e alegou ser orientada diretamente pelo próprio secretário-adjunto da secretaria, Eduardo Rauen, a cometer a fraude de adulteração das parcelas do seguro-desemprego.

Rauen teria, ainda de acordo com ela, montado um pequeno anexo na própria Semdestur exclusivamente para cumprir com a parte operacional do esquema. A fraude começaria, em tese, na marcação das senhas que continham os dizeres “vim a pedido do secretário”.

Foi revelado também pela denunciante afastada que, apesar de ser adjunto, Eduardo é quem efetivamente manda na pasta. Era no balcão de atendimento que a responsável pelo sistema alterava o valor e o número das parcelas.

Outro esquema

A servidora também revelou detalhes de outra operação ilegal, a dos currículos dos pretensos candidatos a empregos no Sine. Foi relatado que os melhores empregos eram direcionados a pessoas indicadas pelo adjunto Eduardo Rauen e pelo secretário titular Geraldo Affonso.

O depoimento durou mais de três horas e ao final foi assinado por todos os presentes. Na saída, a servidora disse que está à disposição da Polícia Federal, do Ministério Público Federal e da própria Casa de Leis para mais esclarecimentos.

Autor / Fonte: Rondoniadinamica

Leia Também

Loading...

Comentários